"Se o vírus entra nos montes algarvios, prevejo que eles fiquem dizimados" - Plataforma Media

“Se o vírus entra nos montes algarvios, prevejo que eles fiquem dizimados”

É autarca há 27 anos. Primeiro em Alcoutim, agora em Castro Marim. Embora exerça funções políticas há quase três décadas, considera-se acima de tudo um médico.

Exerceu medicina familiar há muitos anos na serra algarvia e viu a gripe matar pessoas. Nesta altura, receia pelos muitos idosos que vivem nos montes do seu concelho. “Este vírus é muito mais contagioso e letal do que o vírus da gripe”, afirma.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
MundoSociedade

América Latina supera 700.000 mortes por Covid-19

PortugalSociedade

Portugal tem o índice de transmissibilidade mais baixo da Europa

EconomiaPortugal

O lado escondido do vírus criou uma pobreza que não sabe pedir ajuda

PortugalSociedade

Cansaço, medo e ansiedade. O isolamento na cabeça dos jovens

Assine nossa Newsletter