Instituto Ricardo Jorge vai sequenciar mil vírus do Covid-19 - Plataforma Media

Instituto Ricardo Jorge vai sequenciar mil vírus do Covid-19

O trabalho de investigação é coordenado por João Paulo Gomes do Departamento de Doenças Infecciosas do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) e tem como finalidade determinar os perfis mutacionais do SARS-CoV-2 para identificação e monitorização de cadeias de transmissão do novo coronavírus, bem como identificação de novas introduções do vírus em Portugal, explica uma nota do Instituto Ricardo Jorge divulgada nesta terça-feira.

A iniciativa procura responder às orientações das autoridades de saúde e da comunidade científica internacional de efetuar estudos focados no genoma do novo coronavírus.

Irá também permitir estabelecer o início da transmissão na comunidade e aferir a eficácia das medidas de contenção.

Outro propósito da investigação é o de determinar possíveis associações entre perfis mutacionais do SARS-CoV-2 e diferentes graus severidade da doença (Covid-19).

O estudo possibilitará ainda determinar o grau de variabilidade genética de antigénios do SARS-CoV-2 (proteínas do vírus que induzem uma resposta do nosso sistema imunitário) “com possível impacto no desenvolvimento de medidas profiláticas (vacinas) e determinar o grau de variabilidade genética de proteínas do coronavírus que são alvos de fármacos antivirais, com possível impacto no desenvolvimento de medidas terapêuticas”, refere a nota do Instituto Ricardo Jorge..

Noatual da investigação em curos foram analisados cem genomas de SARS-CoV-2 obtidos de amostras positivas colhidas em vários pontos de Portugal.

Related posts
FuturoMundo

Como os revolucionários chips de 2nm vão "expandir as nossas vidas"? Líder da IBM explica

BrasilChina

Brasil e China em diálogo para fortalecer laços de ciência e tecnologia

EconomiaMundo

Iniciativa antimonopólio dos EUA pode revolucionar a Internet e as grandes empresas de tecnologia

FuturoLifestyle

Realidade virtual se desenvolve 'mais rápido do que o previsto', diz Mark Zuckerberg

Assine nossa Newsletter