China entende a decisão russa de adiar celebração do Dia da Vitória - Plataforma Media

China entende a decisão russa de adiar celebração do Dia da Vitória

A China apoia a Rússia na comemoração do 75º aniversário da vitória na Segunda Guerra Mundial e entende a decisão de adiar as comemorações do Dia da Vitória, previstas para 9 de maio, disse nesta sexta-feira um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China.

O porta-voz Zhao Lijian fez aquele comentário durante uma entrevista coletiva em resposta a uma pergunta sobre a decisão do presidente russo Vladimir Putin de adiar o desfile do Dia da Vitória, comemorando o 75º aniversário da vitória na Segunda Guerra Mundial, por causa da pandemia do COVID-19.

Zhao disse que a China e a Rússia, como parceiros estratégicos globais e principais nações vitoriosas da Segunda Guerra Mundial, fizeram tremendas contribuições e sacrifícios pela vitória.

“Os dois lados continuarão a trabalhar com a comunidade internacional para defender firmemente os frutos da vitória da Segunda Guerra Mundial, praticar o multilateralismo e se opor a ações que falsificam a história e glorifiquem a agressão”, acrescentou.

Artigos relacionados
AngolaPolítica

Angola negoceia com a Rússia vacina Sputnik V

MundoSociedade

Maioria dos russos considera que o coronavírus é uma "arma biológica"

Política

Rússia confirma que Navalny foi transferido para colónia penal

PolíticaPortugal

Augusto Santos Silva: "Hostilidade da Rússia em relação à UE não é aceitável"

Assine nossa Newsletter