Privatização do BAI e da Ensa já estão em concurso público - Plataforma Media

Privatização do BAI e da Ensa já estão em concurso público

O Governo anunciou, nesta sexta-feira, o início dos processos de privatização da Empresa Nacional de Seguros de Angola (ENSA-S.A.) e das participações indiretas do Estado no Banco Angolano de Investimentos (BAI), no âmbito do Programa de Privatizações (PROPRIV).

Estes dois processos fazem parte de um programa que incluem ainda, nesta fase, a venda de 100 por cento do Banco de Comércio e Indústria (BCI) e de 25 por cento de participação no Banco Caixa Geral Angola (BCGA).

De acordo com uma nota enviada à Angop, a alienação destes ativos será realizada através de diversos procedimentos e antecedida de um processo de avaliação das participações e due diligence a ser realizada por um intermediário financeiro que neste momento ainda não está escolhido..

Avança que as participações de 8,5 por cento, detidas pela Sonangol, e de 1,5 por cento pela Endiama, no BAI, serão alienadas por meio de concurso público limitado por prévia qualificação, procedimento igual a ser implementado para o caso da ENSA-S.A.

O PROPRIV tem vários processos em curso, num total de 40 ativos e participações em diversos setores, nomeadamente da indústria têxtil, de bebidas e transformadora, agro-pecuária, agro-industrial.

com Angop

Artigos relacionados
EconomiaPortugal

Taxa de esforço dos contribuintes portugueses com a banca sobe para o nível mais alto desde a crise soberana

AngolaEconomia

BCP confirma abertura da Sonangol para avaliar "criação de valor"

EconomiaPortugal

Montepio: "O banco não está à venda, tem dimensão estratégica para o grupo"

EconomiaTimor-Leste

BNCTL detém mais de 45% do crédito bancário em Timor-Leste

Assine nossa Newsletter