O céu é o limite para os foguetões espaciais chineses - Plataforma Media

O céu é o limite para os foguetões espaciais chineses

O Falcon 9 da SpaceX, que enviou dois astronautas americanos para a Estação Espacial Internacional no primeiro vôo comercial a 30 de maio, não foi o único marco recente no espaço. O “golden rocket” de 28 anos, chinês, fabricado em Xangai, também foi manchete no dia seguinte.

O foguetão de transporte Long-March-2D, desenvolvido pela Academia de Xangai, lançou dois satélites no espaço a partir do Centro de Lançamento de Satélites Jiuquan, na província de Gansu, no noroeste da China, a 31 de maio.

Os satélites Gaofen-9 e HEAD-4 foram colocados em órbita com sucesso.

Leia mais em inglês no Shanghai Daily.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
FuturoMundo

Estação Espacial faz manobra para evitar colisão com restos de foguete

Sociedade

Sem direito a despedida por causa da Covid-19, três astronautas partem para a Estação Espacial

Assine nossa Newsletter