Mais de 44% dos estudantes angolanos defecam ao ar livre - Plataforma Media

Mais de 44% dos estudantes angolanos defecam ao ar livre

Um estudo realizado pelo Ministério da Educação (MED) e o UNICEF revela que 44,7% dos estudantes angolanos matriculados em escolas públicas defecam ao ar livre, dos quais 43,9% ao lado da escola e 45,5% no mato, revela o Decreto Presidencial nº 140/20, de 20 de Maio

A média de alunos que têm acesso ao quarto de banho escolar é de 58%, sendo que apenas 28,5% dos estudantes de todo país têm ou usam latrinas, de acordo com o estudo realizado em 2015 por especialistas das duas instituições acima mencionadas e que o Executivo considera actual, no aludido Decreto aprovado pelo Presidente da República, João Lourenço, a 27 de Dezembro, mas que só foi publicado em Diário da República a 20 de Maio deste ano.

Quanto ao fornecimento de serviços essenciais aos estabelecimentos de ensino, diz que cerca de 70% das escolas do país não têm ligações à rede de água, e as que estão ligadas à rede não são abastecidas durante aproximadamente 78% do tempo. Somente 35% das escolas tem água para beber disponível e 62% não possui qualquer fonte adstrita.

Leia mais em O País

Related posts
MacauSociedade

Covid-19: Alargada vacinação a estudantes do exterior

PortugalSociedade

Fecha tudo. Escolas e universidades em casa a partir de sexta-feira

PortugalSociedade

Presidente da Câmara de Cascais aconselha pais a não deixarem filhos ir à escola

PortugalSociedade

Nasce em Lisboa uma residência para universitários com serviços de cinco estrelas

Assine nossa Newsletter