Portugal formaliza contribuição extraordinária ao setor da Saúde moçambicano - Plataforma Media

Portugal formaliza contribuição extraordinária ao setor da Saúde moçambicano

O Governo português, através do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, formaliza, hoje, o apoio adicional que irá dar ao setor da Saúde em Moçambique através de uma contribuição extraordinária de 250 mil euros, enquadrada no esforço conjunto do Plano de Ação na Resposta Sanitária à Pandemia Covid-19 entre Portugal e os Países de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste (TL), coordenado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

A cerimónia terá lugar às 14:30h (hora local) nas instalações do Ministério da Saúde de Moçambique e contará com a presença do ministro da Saúde do país, Armindo Tiago, e com a transmissão de uma mensagem gravada do ministro do Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva.

Este apoio extraordinário será orientado, essencialmente, para a província de Nampula, uma das zonas prioritárias da atuação da Cooperação Portuguesa em Moçambique e que tem sido significativamente afetada pela pandemia.

O plano de ação contempla dois eixos de atuação: o primeiro ao nível da disponibilização de recursos, e o segundo ao nível da formação e investigação, com uma vertente complementar de transporte e logística. Com a duração de um ano, o plano custará aos cofres de Portugal três milhões de euros, envolvendo cerca de 96 ações de formação e a doação de 800 mil itens de material médico e de proteção individual.

Related posts
MundoSociedade

Vacinados em áreas de alto risco nos EUA devem voltar a usar máscaras

MundoSociedade

Hospitais de Banguecoque lotados devido a forte surto da doença

MundoSociedade

Milhares de estrangeiros abandonam Indonésia

PortugalSociedade

EUA voltam a colocar Portugal na lista de destinos a "evitar viajar"

Assine nossa Newsletter