Caso 900 milhões: Apreendidos mais bens adquiridos por São Vicente -

Caso 900 milhões: Apreendidos mais bens adquiridos por São Vicente

O Serviço Nacional de Recuperação de Activos da Procuradoria-Geral da República procedeu, ontem, à apreensão de mais imóveis adquiridos pelo arguido Carlos Manuel de São Vicente, com recursos a fundos públicos.

Segundo uma nota da PGR, entre os bens apreendidos encontra-se um imóvel, sito no condomínio SODIMO, na Praia do Bispo, que servia de escritório de Manuel Vicente, ex-presidente do Conselho de Administração da Sonangol. Os imóveis foram apreendidos no âmbito do processo de investigação patrimonial em curso, por existirem fortes indícios da prática dos crimes de peculato, participação económica em negócio, tráfico de influências e branqueamento de capitais.

De acordo com o mandado de apreensão, a que o Jornal de Angola teve acesso, foram, igualmente, apreendidos os edifícios ADLI, na Rua 28 de Maio, Bairro da Maianga, em Luanda, THYKE HOTEL, também conhecido por “Edifício Tower”, na Avenida 4 de Fevereiro, Marginal de Luanda, e o imóvel adjacente ao terminal da transportadora Macon, nas imediações do Centro de Sinistros do Grupo AAA, na Avenida 21 de Janeiro.

No condomínio SODIMO, na Avenida Dr. António Agostinho Neto, foram apreendidos os imóveis nºs 29, 30, 31, 32, 33 e 34. Como fiel depositário dos imóveis foi nomeado o Cofre Geral de Justiça.

Leia mais em Jornal de Angola

Related posts
AngolaPolítica

Acusação de empresário Carlos São Vicente aponta ex-vice-PR angolano como parceiro

AngolaSociedade

Carlos São Vicente acusado de fraude fiscal superior a mil milhões de euros

AngolaPolítica

Standard Bank convoca assembleia-geral com renovação da destituição de Carlos São Vicente na agenda

AngolaSociedade

Ex-vice-presidente angolano Manuel Vicente ouvido em processo de corrupção

Assine nossa Newsletter