Revista britânica The Economist diz que Biden tem que ganhar as eleições nos EUA - Plataforma Media

Revista britânica The Economist diz que Biden tem que ganhar as eleições nos EUA

Publicação faz capa defendendo a eleição do democrata na próxima semana, apesar de não o considerar “uma cura milagrosa”

Na sua mais recente edição, a revista britânica The Economist revela o seu apoio ao democrata Joe Biden nas próximas eleições presidenciais dos Estados Unidos da América.

Para a publicação, o país que elegeu Donald Trump em 2016 está ainda mais “infeliz e dividido”. Os britânicos acreditam mesmo que Trump profanou os valores norte-americanos.

Ainda assim, a escolha de Biden “não é uma cura milagrosa para o que aflige a América”. “Mas é um bom homem que restauraria a estabilidade e a civilidade na Casa Branca”, escreve a revista.

O texto assume que se não fosse a pandemia de Covid-19, muito provavelmente, Trump seria reeleito, principalmente pelas conquistas que fez na economia, com cortes de impostos, desregulamentação e um cenário em alta de salários dos trabalhadores mais carenciados.

Só que, acusa a publicação, “Trump falhou tristemente” como “guardião dos valores da América, da consciência da nação e da voz da América no mundo”. “Nos últimos quatro anos, profanou repetidamente os valores, princípios e práticas que fizeram da América um paraíso para o seu próprio povo e um farol para o mundo”, afirma a The Economist.

“Aqueles que acusam Biden do mesmo ou pior, deveriam parar e pensar. Aqueles que despreocupadamente descartam a intimidação e as mentiras de Trump como se fossem tuítes, estão a ignorar o dano que este causou”, acrescenta ainda o editorial.

Já sobre Biden, a revista diz o candidato não seria capaz de “acabar com a animosidade amarga que vem a crescer há décadas na América”.

A The Economist termina a análise assumindo que os EUA que “nesta eleição, enfrentam uma escolha fatídica”. “Em jogo está a natureza da sua democracia”, conclui.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoPolítica

Presidência Trump deixou democracia dos EUA ao nível do Panamá

Política

Donald Trump e Melania vacinados contra a covid-19 antes do fim do mandato

MundoPolítica

Trump critica primeiro mês de Biden e pisca o olho a 2024

MundoPolítica

Trump fará primeiro discurso público após deixar presidência

Assine nossa Newsletter