Portugal à conquista da Alemanha como parceiro tecnológico - Plataforma Media

Portugal à conquista da Alemanha como parceiro tecnológico

Com a pandemia, há mais pedidos de informação para investimento estrangeiro. A expectativa é que a parceria com a Hannover Messe em 2022 ajude a potenciar decisões favoráveis.

Para muitos alemães, Portugal é um país de sol e belas praias, destino turístico por excelência, mas nem todos identificam a economia nacional como potência tecnológica e industrial. E é isso que se pretende que mude, com o convite da Hannover Messe para que Portugal seja o país parceiro daquela que é a maior e mais importante montra da tecnologia industrial no mundo. Uma feira que recebe, todos os anos, mais de 200 mil visitantes, de quase uma centena de países, mas onde os profissionais alemães continuam a representar a esmagadora maioria. Ajudar as empresas a exportar mais é o objetivo, mas não só. Pretende-se também captar mais e melhor investimento alemão para Portugal. Porque, como diz o mote selecionado, “Portugal faz sentido”.

Com a pandemia, muitas são as empresas que procuram encurtar as cadeias de valor, encontrando alternativas na Europa a fornecedores asiáticos. E os pedidos de informação começaram a chegar a Portugal, “em vários segmentos industriais”, logo no início da pandemia, quer ao nível da procura de fornecedores, quer de potenciais investidores que admitem instalarem-se no país. João Neves, secretário de Estado da Economia, admite que “é muito difícil, ainda, confirmar que estes indicadores iniciais vão dar origem a coisas substantivas”, mas sublinha que a expectativa é que a exposição mediática gerada por esta parceria com a Hannover Messe possa “ajudar a que algumas destas decisões venham a ser tomadas em favor de Portugal”. Que se junta a um leque muito restrito de países-parceiros da feira de Hannover, nos quais se destacam grandes economias como os EUA, Rússia, México ou Brasil, ou grandes fabricantes tecnológicos, como a Suécia, a Suíça ou a Holanda.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
FuturoMundo

Como os revolucionários chips de 2nm vão "expandir as nossas vidas"? Líder da IBM explica

BrasilChina

Brasil e China em diálogo para fortalecer laços de ciência e tecnologia

EconomiaMundo

Iniciativa antimonopólio dos EUA pode revolucionar a Internet e as grandes empresas de tecnologia

FuturoLifestyle

Realidade virtual se desenvolve 'mais rápido do que o previsto', diz Mark Zuckerberg

Assine nossa Newsletter