Empresa prevê obras do novo aeroporto internacional da Guiné-Bissau em 2021 - Plataforma Media

Empresa prevê obras do novo aeroporto internacional da Guiné-Bissau em 2021

As obras de construção do novo aeroporto internacional da Guiné-Bissau deverão arrancar no segundo trimestre de 2021, desde que a parte guineense apresente à empresa construtora do Dubai uma garantia soberana, disse um representante do grupo árabe.

Talal Alboulskia, da empresa Concorde Stars Contracting LLC disse também que o início das obras depende do contrato assinado e que vai garantir a exploração do equipamento durante 60 anos.

O novo aeroporto internacional da Guiné-Bissau será construído em Nhacra, centro do país, uma localidade situada a 40 quilómetros de Bissau.

O projeto será inteiramente financiado pela empresa dos Emiratos Árabes Unidos num montante global de 902 milhões de dólares (cerca de 771 milhões de euros).

A infraestrutura será construída num terreno de cerca de 7,5 quilómetros, terá dois terminais para aterragem e descolagem de aeronaves de qualquer porte, incluindo o A380, disseram os engenheiros da empresa árabe.

O aeroporto terá ainda um hotel de cinco estrelas de 300 quartos, e zonas comercial e turística.

Conforme o plano do grupo árabe, a primeira fase do aeroporto poderá ser inaugurada em 2024.

Numa segunda fase contemplará a construção de outras infraestruturas e equipamentos, nomeadamente um hospital contíguo ao aeroporto, escolas, vilas turísticas, centro cultural e academias desportivas.

De forma direta, a construção do aeroporto dará emprego a 4.500 pessoas, 70% das quais serão guineenses disseram os responsáveis do grupo árabe, na apresentação do desenho técnico e dos estudos económico e de impacto ambiental do projeto, que decorreu numa unidade hoteleira em Bissau.

Vários ministros do Governo guineense assistiram à apresentação do projeto, que os responsáveis da empresa árabe consideram “único na costa ocidental da África”.

Assine nossa Newsletter