Exposição de fotografia revela efeitos da Covid-19 na sociedade canadiana - Plataforma Media

Exposição de fotografia revela efeitos da Covid-19 na sociedade canadiana

Mostra, com curadoria de George Pimentel, está patente em Toronto

Um dos fotógrafos mais renomados do Canadá assumiu a responsabilidade de escolher milhares de imagens enviadas por diversos canadianos que, através das redes sociais por todo o país, aceitaram o repto para capturar como a Covid-19 tem vindo a alterar os seus hábitos de vida nos últimos meses. “Tudo começou quando eu estava olhando fotos da gripe espanhola”, explicou George Pimentel, de ascendência portuguesa, ao CityNews.

Com todos os eventos cancelados devido à pandemia de Covid-19, incluindo o Festival Internacional de Cinema de Toronto, onde Pimentel tirou algumas das suas imagens mais icôónicas, o fotógrafo ficou com tempo de sobra para se dedicar a outros projetos. “Achei muito importante documentar o valor histórico desta pandemia, para arquivar isso para o futuro. Quero poder olhar as fotos um dia e talvez ter uma noção de como era naquela época”, disse.

Pimentel começou por fotografar para si mesmo durante a pandemia. Fotografava tudo, desde a prática de desporto até uma visita distanciada ao seu pai. Ouvir as histórias das pessoas enquanto as fotografava “foi de partir o coração”, assumiu.

Ao começar a criar um ensaio fotográfico na sua conta do Instagram, Pimentel sentiu que era vital ver como outras pessoas em todo o país estavam a enfrentar a pandemia e ter um vislumbre dela através das suas lentes.

Para tornar tudo realidade, decidiu usar as redes sociais como um centro para reunir imagens de todos os lados, fossem fotógrafos profissionais, fossem fotógrafos amadores. O fotógrafo começou por pedir às pessoas que usassem a tag #CanadaCOVIDPortrait para partilharem as suas fotos no Instagram. “O poder das redes sociais. Recebemos mais de 5000 imagens. Impressionante ”, referiu.

Pimentel afirmou ainda que a história da Covid-19 no Canadá tem muitos capítulos – trabalhadores da linha de frente, empresas, famílias e idosos, para citar alguns – e as fotos que recebeu contavam histórias ricas em experiências de vida real. “Cada foto conta uma história e tem a diversidade do Canadá, da costa oeste à costa leste, queríamos mostrar tudo. Há fotos de indígenas que são importantes”, revelou.

A escolha final das fotos fazem agora parte da exposição “Portraits in COVID Times: Documenting a Nation in Change” patente no Harbourfront Centre em Toronto.

Artigos relacionados
MacauSociedade

Antes, durante e depois da quarentena

Sociedade

Peritos no Canadá recomendam intervalo de quatro meses para nova dose da vacina

BrasilPolítica

Brasil é o 2º país com mais barreiras de entrada no exterior por conta do coronavírus

BrasilSociedade

Brasil bate recorde e supera EUA em novas mortes por Covid por milhão de habitantes

Assine nossa Newsletter