CPLP atravessa mau momento financeiro - Plataforma Media

CPLP atravessa mau momento financeiro

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) está a atravessar um mau momento financeiro provocado pelo incumprimento do pagamento das contribuições por alguns países membros, revelou ontem, em Luanda, o ministro das Relações Exteriores, Téte António.

O chefe da diplomacia angolana fez essa revelação no final da XXV reunião ordinária do Conselho de Ministros da CPLP realizada por vídeo-conferência a partir de Lisboa, Portugal. Téte António, que participou no  encontro a partir da sede do Ministério das Relações Exteriores, disse que o Secretariado Executivo tem alertado os Estados-membros sobre a importância de fazerem chegar as contribuições à organização. “Se não houver recursos não teremos o resultado almejado”, alertou. 

O ministro não avançou  montantes em falta, mas informações veiculadas pela Lusa e divulgadas, em Março, pelo Jornal de Angola davam conta de uma dívida de 3,8 milhões de euros de quotas em atraso, com o Brasil a liderar em valor e São Tomé e Príncipe em número de contribuições por pagar.

Na reunião de ontem, os ministros prepararam os documentos a serem analisados na Cimeira de Luanda, ainda sem data, devido à pandemia da Covid-19. “Adoptámos resoluções bastante importantes, sendo que uma delas foi a resolução sobre a mobilidade”, frisou. Os Estados-membros discutiram, também, a cooperação em matéria de emergência e o apoio no sistema internacional, em órgão como Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Leia mais em Jornal de Angola

Related posts
LusofoniaPolítica

"É um passo muito importante." Cidadãos da CPLP vão poder circular livremente entre países

LusofoniaPolítica

Chefes da diplomacia da CPLP devem aprovar hoje proposta final da mobilidade

BrasilCultura

"Elite brasileira tenta invisibilizar vínculo do Brasil com África", diz investigador

AngolaPolítica

CPLP destaca papel dos Estados na luta contra a doença

Assine nossa Newsletter