Bolívia reconhece pela primeira vez união de casal do mesmo sexo - Plataforma Media

Bolívia reconhece pela primeira vez união de casal do mesmo sexo

Homens que estão juntos há mais de 11 anos travaram longa batalha judicial. O Serviço de Registro Cívico da Bolívia (Sereci) reconheceu pela primeira vez a união entre duas pessoas do mesmo sexo no país, após uma longa batalha judicial travada pelo casal.

O Sereci decidiu “ordenar o registro da união livre entre David Víctor Aruquipa Pérez e Guido Alvaro Montaño Durán”, de acordo com um documento que anula outra resolução adotada pela mesma instituição em 2018.

Naquela época, o serviço havia recusado o pedido do casal para registrar sua união de fato, que já soma mais de 11 anos, como disseram recentemente à AFP.

Aruquipa, um administrador de empresas de 48 anos, e Montaño, um advogado de 45 anos, travaram uma batalha judicial para obter reconhecimento.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Related posts
MundoPolítica

MP da Bolívia ordena prisão da ex-presidente Áñez

Sociedade

Sobrevive a desastre de avião e a queda de autocarro para um rio

Mundo

Bolívia investiga morte de 35 condores supostamente envenenados

MundoPolítica

Bolívia vai tributar fortunas. "Os ricos podem fazer quarentena"

Assine nossa Newsletter