Ambiente: Greta Thunberg resume a cimeira One Planet em "bla bla bla" - Plataforma Media

Ambiente: Greta Thunberg resume a cimeira One Planet em “bla bla bla”

A ativista de 18 anos, Greta Thunberg criticou ontem a Cimeira do One Planet, organizada pela França, Nações Unidas e Banco Mundial, referindo que reuniões não são sinónimo de ação.

Na One Planet Summit, Emmanuel Macron, presidente francês, juntou em presença e à distância trinta personalidades, chefes de governo e especialistas em biodiversidade para falar do estado do planeta.

Durante quatro horas houve compromissos de fazer de 2021 o ano de reconciliação com a natureza.

Porém, Greta Thunberg teve uma visão diferente dos temas discutidos na cimeira ambiental: “Um breve resumo do #OnePlanetSummit em Paris ontem: Bla bla bla natureza, bla bla bla muito importante, bla bla bla ambicioso, bla bla bla investimentos verdes, bla bla bla grande oportunidade, bla bla bla crescimento verde, bla bla bla zero emissões, bla bla bla intensificar os esforços, bla bla bla esperança, bla bla bla …”, escreveu Greta Thungberg na sua página oficial de Facebook.

Leía o resto da publicação:

Há 10 anos atrás, os nossos líderes assinaram os “ambiciosos” objetivos de Aichi “para proteger a vida selvagem e os ecossistemas”. No final de 2020, ficou claro que falharam em todos. Todos os dias têm a possibilidade de agir. Mas optam por não fazê-lo. Em vez disso, apenas assinam algumas metas mais “ambiciosas” para o futuro enquanto aprovam políticas vinculativas, negócios destrutivos como de costume, como a nova Política Agrícola Comum (PAC) da UE. Claro que a mudança não acontece durante a noite e claro que precisamos do ”Bla bla bla” para se mexer. A questão é: quantas décadas de bla bla bla realmente precisamos? Porque tem havido muitas até agora … Há, sem dúvida, muitas pessoas excelentes a trabalhar e pressionar mudanças a nível governamental em todos os lugares, mas a melhor ciência disponível atualmente mostra claramente que a ação necessária não é possível nos sistemas de hoje. Precisamos de uma maneira totalmente nova de pensar. E não me dá absolutamente nenhum prazer ou alegria continuar a apontar isso. Podemos ter quantas reuniões e conferências quisermos, mas a menos que comecemos a tratar isto (crise ambiental) como uma emergência existencial, que é, não haverá nenhuma ação real. Não podemos resolver uma crise sem tratá-la como uma crise.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, fala durante uma videoconferência no One Planet Summit, parte do Dia Mundial da Natureza, na sala de recepção do Elysee Palace, em Paris, a 11 de janeiro de 2021. – One Planet Summit, um evento em grande parte virtual. Recebido pela França em parceria com as Nações Unidas e o Banco Mundial, incluiu o presidente francês, a chanceler alemã e o secretário-geral das Nações Unidas.

Nesta cimeira “One Planet” o príncipe Carlos desafiou as empresas a colocarem no topo das prioridades o planeta e os seus habitantes.

Já o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, lembrou que só há uma terra e que é tempo de agir.

Artigos relacionados
Brasil

Desastre da Brumadinho foi provocado pela ação da empresa Vale

MundoPolítica

UE/Presidência: Costa e Timmermans abrem hoje conferência sobre alterações climáticas

MoçambiqueSociedade

Encontrados mortos mais de 100 golfinhos na ilha de Bazaruto

Mundo

Glaciares da Antártida ocidental estão a acelerar deslizamento

Assine nossa Newsletter