Saiba quem é a brasileira por trás de uma revolução feminina na música clássica - Plataforma Media

Saiba quem é a brasileira por trás de uma revolução feminina na música clássica

Há dez anos radicada em Londres, soprano Gabriella Di Laccio criou uma plataforma para promover a difusão de mulheres na música

Quando o mundo comemorava os 450 anos do nascimento de William Shakespeare, em 2014, a soprano brasileira Gabriella Di Laccio vivia em Londres há mais de uma década e pesquisava músicas compostas a partir de textos do escritor inglês.

Entre o material levantado, estavam dez ciclos de canções escritas por mulheres —nenhum dos quais a própria soprano, acostumada a explorar o repertório, conhecia. A pulga já estava atrás da orelha quando, num sebo, ela se deparou com uma enciclopédia que listava nada menos do que 6.000 nomes de mulheres compositoras, do período medieval ao contemporâneo.

Há um consenso na música clássica de que o tempo faz a seleção natural do repertório —o que se produziu e não sobreviveu provavelmente não teria qualidade e interesse. Mas esse não era o caso.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
AngolaCultura

Maya Cool e Matias Damásio “abraçam” projecto musical

CulturaMacau

Concertos de música clássica agendados para esta sexta-feira

CulturaLusofonia

Artista brasileira mostra "diversidade da lusofonia" em universidade nos EUA

CulturaPortugal

Joel Pina: O percurso de cem anos do decano dos músicos de fado

Assine nossa Newsletter