MNE português em Moçambique: "Quanto mais nos mobilizarmos, maior segurança haverá" - Plataforma Media

MNE português em Moçambique: “Quanto mais nos mobilizarmos, maior segurança haverá”

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva, defendeu hoje no final de uma visita a Moçambique a maior mobilização possível de parceiros para garantir segurança na região moçambicana de Cabo Delgado

“Quantos mais nos mobilizarmos para pararmos as redes terroristas e as ligações evidentes com redes dos mais diferentes tráficos, maior segurança traremos a África e melhor defenderemos também os interesses próprios da União Europeia (UE)”, referiu.

O governante fala no final de uma visita de dois dias em resposta ao pedido de ajuda de Moçambique para acabar com a insurgência armada na província nortenha de Cabo Delgado.

A propósito de diferentes manifestações de interesse de outros países e organizações em apoiar o país lusófono a resolver o problema e questionado sobre se tal não reflete uma competição pela influência em África, Augusto Santos Silva respondeu que não.

“Entendemos que o que faz sentido é a complementaridade”, disse. 

“Enquanto europeus, cooperamos com África no respeito escrupuloso pela chamada arquitetura africana para a paz e segurança”, sublinhou, “assim como pelos princípios da União Africana, além da soberania das autoridades nacionais”.

A violência armada na província nortenha de Moçambique, onde se desenvolve o maior investimento multinacional privado de África, para a exploração de gás natural, está a provocar uma crise humanitária com mais de duas mil mortes e 560 mil pessoas deslocadas, sem habitação, nem alimentos, concentrando-se sobretudo na capital provincial, Pemba.

Algumas das incursões passaram a ser reivindicadas pelo grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico desde 2019.

Augusto Santos Silva deslocou-se a Moçambique no semestre em que Portugal assume a presidência rotativa do Conselho da UE.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
MoçambiquePolítica

É preocupante a “incapacidade” dos países africanos para resolver violência em Cabo Delgado

MoçambiqueMundo

África do Sul considera "preocupante" a falta de ação regional em Cabo Delgado

MoçambiquePolítica

Augusto Santos Silva em missão da UE até quinta-feira em Maputo

MoçambiquePolítica

Ataques em Cabo Delgado. UE pondera criar missão de formação das Forças Armadas em Moçambique

Assine nossa Newsletter