UE aconselha retomada de voos com Macau e Hong Kong mas só com reciprocidade - Plataforma Media

UE aconselha retomada de voos com Macau e Hong Kong mas só com reciprocidade

O Conselho da União Europeia (UE) recomendou esta quinta-feira aos Estados-membros que levantem gradualmente restrições de viagens para sete países terceiros, aconselhando nomeadamente o retomar de ligações às regiões administrativas de Macau e Hong Kong, mas apenas mediante reciprocidade.

Em comunicado, o Conselho indica ter atualizado a “lista de países [terceiros] para os quais as restrições de viagem devem ser levantadas”, como acordado pelos Estados-membros em junho, aquando da adoção de uma recomendação sobre o levantamento gradual das restrições temporárias às viagens não essenciais para a UE em altura de pandemia de covid-19.

Nesse âmbito, e “com base nos critérios e condições” estabelecidos nessa recomendação, a estrutura onde estão representados os países defende que “os Estados-membros devem levantar gradualmente as restrições de viagem nas fronteiras externas” para sete países, nomeadamente para “as regiões administrativas especiais chinesas – Hong Kong e Macau -, sujeitas a confirmação de reciprocidade”.

É também nessa condição de reciprocidade que se mantém a China, ou seja, até o país asiático reabrir as suas fronteiras à UE, como já tem vindo a acontecer.

Leia mais em Hoje Macau

Este artigo está disponível em: English

Related posts
MoçambiquePolítica

UE: Moçambique "tem a responsabilidade de garantir a segurança do país”

AngolaPolítica

UE exalta esforço de Angola para a estabilidade na RCA

BrasilEconomia

Acordo União Europeia-Mercosul vira espantalho e está paralisado, dizem legisladores

ChinaMundo

UE tem de ser “menos ingénua” com a China

Assine nossa Newsletter