Um ano com menos 25 mil casamentos - e os de abril já estão a ser cancelados - Plataforma Media

Um ano com menos 25 mil casamentos – e os de abril já estão a ser cancelados

Eram cada vez mais os que queriam dar o nó, mas a pandemia deu um nó cego ao setor dos casamentos. O primeiro confinamento penalizou o setor, que viu muitos eventos remarcados ou adiados, mas o levantamento de algumas restrições no verão permitiu que muitos noivos dissessem sim na presença de alguns familiares e amigos. Desde outubro, porém, muitos dos subsetores que compõem o negócio estão totalmente parados e as perspetivas para o arranque do segundo trimestre não são animadoras, com o cancelamento de festas marcadas a partir de abril.

“Sabemos que o número de casamentos tem vindo a diminuir e nos últimos 40 ou 50 anos, 2020 foi o pior ano, com mais de 80% dos casamentos adiados ou cancelados”, confirma António Manuel Brito, CEO da Exponoivos. “Dos quase 35 mil casamentos que anualmente se realizaram nos últimos anos – e que vinham a aumentar – 25 mil ou mais ficaram por realizar; foram cancelados ou adiados.”

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
Lifestyle

Pandemia faz surgir novas tendências nos casamentos. Eis oito ideias que ganham fama em 2021

Sociedade

Pandemia pode gerar dez milhões de casamentos de crianças até 2030

MoçambiqueSociedade

Raparigas moçambicanas pressionadas a casar mais cedo por causa da crise

Sociedade

Pandemia em Nova Iorque está em fase descendente e já se pode casar online

Assine nossa Newsletter