Reino Unido, Espanha, França e Itália compram mais de metade da nova dívida portuguesa - Plataforma Media

Reino Unido, Espanha, França e Itália compram mais de metade da nova dívida portuguesa

Portugal housing

Reino Unido saiu da UE, mas foi das geografias com maior interesse na divida. Emprestou 528 milhões de euros a Portugal, esta quarta-feira.

As instituições financeiras e outras sediadas no Reino Unido, Espanha, França e Itália compraram mais de metade (quase 55%) da nova emissão de dívida de muito longo prazo realizada esta quarta-feira, revelou a agência que gere a dívida pública portuguesa (IGCP).

O trio Espanha, França e Itália ficou com 37,1% dos três mil milhões de euros da Obrigação do Tesouro (OT) que vence em 2052. Ou seja, ficam credores de 1,1 mil milhões de euros junto da República.

O Reino Unido, que acaba de se separar da União Europeia (UE), foi o segundo território (na desagregação feita pelo IGCP) que mais se destacou. As entidades baseadas no reino de Isabel II compraram (emprestaram) 17,6% desta nova linha de dívida portuguesa, cerca de 528 milhões de euros.

A nova OT é o resultado da primeira emissão sindicada deste ano, isto é, uma operação pré-organizada com bancos selecionados para abordar os investidores no mercado global, e irá pagar um cupão de 1% ao ano.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
MundoPolítica

Responsáveis dos Assuntos Europeus discutem hoje relações UE-Reino Unido

LifestyleMundo

Coleção de vinhos raros da Borgonha é leiloada por 8,7 milhões de euros

MundoSociedade

Reino Unido atingirá hoje imunidade de grupo e Boris Johnson já pode cortar o cabelo

AngolaPolítica

Espanha incentiva produtos 'Made in Angola'

Assine nossa Newsletter