Brasil e França devem ser "amigos" após conflito com Macron

Brasil e França devem ser “amigos” após conflito com Macron

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou na terça-feira que Brasil e França devem ser “amigos”, após a tensão mantida nos últimos meses com o homólogo francês, Emmanuel Macron, devido à política ambiental de Brasília

“Brasil e França não têm por que se distanciar. Afinal de contas, somos vizinhos. A maior fronteira da França é com o Brasil. 730 quilómetros de fronteira. Temos de ser amigos”, disse Bolsonaro durante a cerimónia de lançamento do programa “Adote um Parque”, que visa que empresas privadas contribuam com recursos para a preservação ambiental.

O líder da extrema-direita brasileira comemorou o facto de uma empresa francesa como o Carrefour ser a primeira companhia a “adotar” uma unidade de conservação ambiental na Amazónia brasileira, que tem sofrido com o aumento do desflorestação e queimadas nos últimos anos.

A crescente destruição da Amazónia tem sido questionada repetidamente por Macron, que recentemente afirmou que a soja brasileira é a base do desflorestação naquela que é a maior floresta tropical do mundo.

As críticas de Macron à política ambiental do Governo Bolsonaro geraram uma troca de acusações públicas entre os dois líderes.

Sem citar diretamente a França, o Presidente brasileiro suavizou o tom do seu discurso de terça-feira e pediu ajuda aos países que criticam o Brasil.

“O que podemos dizer a quem nos critica é o seguinte: olhem, não temos condições económicas de atender essa área. Venham ajudar-nos”, disse o chefe de Estado.

Bolsonaro comemorou o facto de uma empresa francesa ter sido a primeira a aderir ao programa lançado pelo Governo para a captação de recursos na Amazónia através de doações feitas por cidadãos ou companhias, nacionais e estrangeiras.

O Carrefour adotou uma reserva ambiental de 75.000 hectares localizada no estado de Rondônia, na fronteira com a Bolívia, pela qual se comprometeu a investir 3,7 milhões de reais (cerca de 570 mil euros).

A primeira fase do programa concentra-se num total de 132 unidades de conservação, que ocupam 15% do bioma, o equivalente a cerca de 63,3 milhões de hectares.

A Amazónia é a maior floresta tropical do mundo e possui a maior biodiversidade registada numa área do planeta, com cerca de 5,5 milhões de quilómetros quadrados e inclui territórios do Brasil, Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa (pertencente à França).

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
PortugalSociedade

Bala perdida que matou emigrante em França foi disparada por outro português

CulturaMundo

Quadro de Van Gogh atinge recorde em leilão em França

Política

França acusa Reino Unido de "chantagem" na entrega de vacina

Sociedade

Paris e 16 regiões francesas voltam a confinar para travar terceira vaga

Assine nossa Newsletter