Teatro de Maria Antonieta aproveita confinamento para obras - Plataforma Media

Teatro de Maria Antonieta aproveita confinamento para obras

Raramente abre as portas ao pública e é uma joia dentro de uma joia: o teatro pessoal de Maria Antonieta em Versalhes. Com os visitantes longe, por causa do confinamento, faz-se a conservação do local

Com ou sem pandemia, este é um teatro que raramente recebe público: o teatro pessoal de Maria Antonieta em Versalhes é uma joia histórica frágil que precisa de cuidados delicados.

O fim do século XVIII foi uma época de “mania do teatro” na qual muitos príncipes e financeiros construíam os seus próprios teatros nas suas propriedades, contou Raphael Masson, conservador-chefe em Versalhes.

A última rainha de França antes da revolução era apaixonada por música e teatro e mandou construir o seu palco nos confins de Versalhes, para onde podia escapar com a sua corte.

Foi nesta sala que, em 1785, ela fez a sua última apresentação em palco, como Rosine na ópera “O Barbeiro de Sevilha” diante do seu autor, Beaumarchais.

Hoje, este é o único teatro do século XVIII em França que ainda mantém a maquinaria original a funcionar – “milagre da conservação”, disse Masson.

Tem três cenários – um interior rústico, uma floresta e um templo de Minerva. Este última sendo o mais velho cenário do mundo, datado de 1754: “É a nossa Mona Lisa”, disse Masson.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
PortugalSociedade

Bala perdida que matou emigrante em França foi disparada por outro português

CulturaMundo

Quadro de Van Gogh atinge recorde em leilão em França

Política

França acusa Reino Unido de "chantagem" na entrega de vacina

Sociedade

Paris e 16 regiões francesas voltam a confinar para travar terceira vaga

Assine nossa Newsletter