Netflix foi a rainha dos Globos, Chadwick Boseman premiado a título póstumo - Plataforma Media

Netflix foi a rainha dos Globos, Chadwick Boseman premiado a título póstumo

Os Globos de Ouro, prémios de cinema e televisão da Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood, distinguiram Chadwick Boseman a título póstumo, como melhor ator dramático, numa cerimónia em que a Netflix foi a grande vencedora. O ator, que morreu em 2020, aos 43 anos, foi premiado pelo seu papel no filme “Ma Rainey: a mãe do blues”, de George C. Wolfe.

A 78.ª edição dos Globos de Ouro decorreu no domingo à noite e forma virtual, por causa da pandemia, contando com apresentação de Tina Fey e Amy Poehler e a participação de alguns dos laureados do ano passado.

A Netflix, que contava com 42 nomeações, venceu a maioria dos prémios para televisão, com a série “The Crown”, que contava com seis nomeações, a obter quatro globos, incluindo o prémio para melhor série de drama. A série, que reconstitui a vida da família real britânica, recebeu ainda prémios para os atores Josh O’Connor (no papel de príncipe Charles), Emma Corrin (princesa Diana) e Gillian Anderson (Margaret Thatcher).

A popular série “Gambito de Dama”, daquela plataforma de streaming, venceu na categoria de melhor minissérie, tendo a protagonista, Anya Taylor-Joy, obtido também o prémio de melhor atriz.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
CulturaMundo

Globos de Ouro: Reformas aprovadas após críticas por falta de diversidade

CulturaLifestyle

“The Crown” não volta aos ecrãs até 2022, mas existe um novo drama da realeza

Lifestyle

Netflix perde terreno com aumento da concorrência no mercado de 'streaming'

CulturaMundo

Cloee Zhao é a primeira mulher asiática a ganhar um Globo de Ouro

Assine nossa Newsletter