OMS diz que é prematuro e "não realista" pensar-se que a pandemia acabe este ano - Plataforma Media

OMS diz que é prematuro e “não realista” pensar-se que a pandemia acabe este ano

Michael Ryan, da OMS, diz contudo que o que é possível é reduzir as hospitalizações e as transmissões e impedir que surjam novas variantes do vírus.

Questionado pelos jornalistas, Michael Ryan, diretor executivo do Programa de Emergências em Saúde da Organização Mundial de Saúde (OMS), avisou que é prematuro e “não realista” pensar-se que a pandemia de covid-19 termine até ao fim de 2021, mas disse que pode ser possível reduzir as hospitalizações e as transmissões e impedir que surjam novas variantes do vírus. “Se controlarmos a transmissão controlamos a pandemia”, disse.

Soumya Swaminathan, cientista chefe da OMS, acrescentou: “não podemos erradicar o vírus até ao final do ano, mas podemos reduzir as hospitalizações e a severidade da doença”.

Por outro lado, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse esta segunda-feira que até ao fim de maio serão entregues 237 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 a 142 países.

As vacinas serão entregues a países que fazem parte do mecanismo COVAX, uma iniciativa da OMS para garantir uma vacinação contra o novo coronavírus que seja equitativa. Esta segunda-feira, o Gana e a Costa do Marfim foram os primeiros países a começar a vacinar os profissionais de saúde com doses fornecidas através do COVAX.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
MundoSociedade

UE pode não renovar contrato com AstraZeneca devido a atrasos

PortugalSociedade

Portugal recebeu as primeiras 31.200 vacinas da Janssen que ficam a aguardar decisão

MundoSociedade

Sedentarismo aumenta risco de morrer por Covid

MundoSociedade

Mundo vivencia aumento de restrições e obstáculos na vacinação anticovid

Assine nossa Newsletter