Coreia do Sul e EUA reduzem manobras militares conjuntas - Plataforma Media

Coreia do Sul e EUA reduzem manobras militares conjuntas

A Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciam na segunda-feira as manobras militares conjuntas anuais, numa escala reduzida, devido à pandemia e a esforços diplomáticos para não hostilizar Pyongyang, informaram as autoridades sul-coreanas.

Os exercícios, que arrancam no dia 08 de março, durarão apenas nove dias, esclareceu o Estado-Maior Conjunto sul-coreano (JCS), em comunicado.

Conhecidos como CPX, os exercícios assentam principalmente numa simulação informática, e não incluirão este ano qualquer manobra ao ar livre, enquanto o número de tropas e equipamento envolvido será “minimizado”, devido à pandemia de covid-19 e aos esforços diplomáticos para retomar o diálogo sobre a desnuclearização com a Coreia do Norte, pode ler-se na nota.

Apesar da escala reduzida, subsistem dúvidas sobre a possível resposta da Coreia do Norte, que considera estes exercícios como um ensaio para invadir o seu território.

No ano passado, Washington e Seul cancelaram os exercícios militares de primavera, por causa da pandemia.

O diálogo sobre a desnuclearização com a Coreia do Norte está paralisado desde a cimeira de Hanói, em fevereiro de 2019, após os Estados Unidos recusarem suspender as sanções a Pyongyang, por considerarem a oferta de desarmamento do regime norte-coreano insuficiente.

Após o fracasso do executivo do ex-Presidente Donald Trump em resolver o conflito, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, instou em janeiro o Governo do democrata Joe Biden a propor novas alternativas para retomar o diálogo, alertando que Pyongyang está a preparar novos testes de armas.

Os Estados Unidos e a Coreia do Sul, países aliados, mantêm contacto próximo desde que Biden assumiu o poder em janeiro.

Related posts
MundoPolítica

Covid-19: Governo dos EUA diz que vai apoiar suspensão de patentes de vacinas

MundoPolítica

Seul vigia movimentos de Pyonyang depois de comunicados duros do regime

MundoPolítica

Coreia do Norte rejeita conversações com Estados Unidos

MundoSociedade

EUA inicia a última fase da retirada do Afeganistão

Assine nossa Newsletter