China propõe redução do consumo de energia por unidade do PIB em 3%

China propõe redução do consumo de energia por unidade do PIB em 3%

A China quer reduzir o consumo de energia em 3% por cada unidade do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021, segundo o relatório do Governo, apresentado hoje à Assembleia Popular Nacional (APN)

Para o próximo plano quinquenal (2021-2025), que vai ser aprovado durante a sessão anual da APN, o Governo chinês prevê que o consumo de energia por unidade do PIB recue 13,5% e as emissões de dióxido de carbono 18%.

O país também anunciou hoje um “plano de acção” para que as emissões de dióxido de carbono da China atinjam o pico até 2030 e alcancem a neutralidade até 2060, uma meta previamente anunciada pelo Presidente chinês, Xi Jinping.

O relatório de trabalho do Governo, divulgado pelo primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, também observa que o país vai acelerar “novos mecanismos de comércio”, para atingir aquela meta, bem como “novas políticas para canalizar apoio financeiro para o desenvolvimento verde e com baixas emissões de carbono”.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
BrasilPolítica

EUA e Brasil comprometem-se com "parceria estratégica" e abordam metas ambientais

Mundo

ONU alerta que seca pode ser “a próxima pandemia”

ChinaMacau

China admite que protecções de material nuclear rebentaram em central perto de Macau

Onda de calor precoce no oeste dos EUA pode quebrar recordes

Assine nossa Newsletter