Bolsonaro falou ao Brasil em dia de recorde de mortes e prometeu vacinas - Plataforma Media

Bolsonaro falou ao Brasil em dia de recorde de mortes e prometeu vacinas

Esta terça-feira foi o dia mais trágico desde o início da pandemia para o Brasil, que ultrapassou, pela primeira vez, a barreira das três mil mortes diárias.

O Presidente brasileiro falou em rede nacional na terça-feira, dia em que o país bateu o recorde trágico de 3.251 mortes diárias, tentando tranquilizar a população e prometendo 500 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19.

“Quero tranquilizar o povo brasileiro e afirmar que as vacinas estão garantidas. Ao final do ano, teremos alcançado mais de 500 milhões de doses para vacinar toda a população. Muito em breve, retomaremos a nossa vida normal”, afirmou Jair Bolsonaro no pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão.

A mensagem foi transmitida no dia em que o Brasil teve o seu dia mais trágico desde o início da pandemia, após ter ultrapassado, pela primeira vez, os três mil mortos (3.251) devido à Covid-19 num único dia, num total de 298.676 vidas perdidas.

Em relação ao número de infeções, foram contabilizados 82.493 casos positivos nas últimas 24 horas, totalizando 12.130.019 diagnósticos de Covid-19 em solo brasileiro.
“Em nenhum momento, o Governo deixou de tomar medidas importantes tanto para combater o coronavírus como para combater o caos na economia, que poderia gerar desemprego e fome. (…) Neste mês, intercedi pessoalmente junto à fabricante Pfizer para a antecipação de 100 milhões de doses, que serão entregues até setembro de 2021. E também com a Janssen, garantindo 38 milhões de doses para este ano”, argumentou o mandatário.

“Hoje, somos produtores de vacina em território nacional. (…) Quero destacar que hoje somos o quinto país que mais vacinou no mundo. Temos mais de 14 milhões de vacinados e mais de 32 milhões de doses de vacina distribuídas para todos os estados da federação, graças às ações que tomamos logo no início da pandemia”, salientou, na mensagem que durou cerca de quatro minutos.

Leia mais em TSF

Related posts
BrasilMundo

Opas adverte que a Covid-19 está ‘longe’ de estar sob controle nas Américas

BrasilPolítica

Bolsonaro sanciona lei que determina afastamento de grávidas do trabalho presencial

BrasilPolítica

Datafolha: Aprovação a Bolsonaro recua e atinge pior marca do mandato

BrasilSociedade

Diretor de regulador do Brasil confirma tentativa de indicar cloroquina para tratamento

Assine nossa Newsletter