Primeiro curso privado de Medicina em Portugal custa 1625 euros por mês - Plataforma Media

Primeiro curso privado de Medicina em Portugal custa 1625 euros por mês

Curso na Universidade Católica, de seis anos, rondará um total de 100 mil euros. No próximo ano letivo não recebe alunos internacionais.

Tirar o curso de Medicina na Universidade Católica Portuguesa, a primeira instituição de Ensino Superior privada autorizada a formar futuros médicos, terá um custo global na casa dos 100 mil euros. O Mestrado Integrado, com a duração de seis anos, arranca no próximo dia 13 de setembro e, de acordo com o jornal Público, a propina mensal está fixada nos 1625 euros, num total de dez mensalidades. A que acrescem outros custos, nomeadamente uma taxa anual de inscrição de 1500 euros.

De acordo com as informações disponibilizadas no site da nova Faculdade de Medicina – o JN questionou a Universidade, mas ainda não obteve respostas -, para o ano letivo 2021-2022 foram abertas 50 vagas, mas o objetivo da instituição é chegar às 100 anuais. As candidaturas decorrem até ao final deste mês e estão abertas a alunos nacionais e a alunos com nacionalidade da União Europeia. Neste primeiro ano não será aberto contingente nem para estudantes internacionais, nem para maiores de 23 anos.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter