Comer hidratos e alto teor de proteínas aumenta infeção por Covid-19, diz estudo

Comer hidratos e alto teor de proteínas aumenta infeção por Covid-19, diz estudo

Os inquiridos que responderam que consumiam dietas à base de plantas ou de peixe apresentavam, respetivamente, 73% e 59% menor probabilidade de infeção moderada a grave por covid-19, em comparação com os que não tinham estes padrões alimentares

As dietas à base de plantas e peixes podem ajudar a reduzir o risco de desenvolver infeções moderadas a graves por covid-19, segundo um estudo divulgado esta terça-feira, 8 de junho. A investigação, feita em vários países, foi publicada na revista BMJ Nutrition Prevention & Health.

Vários estudos sugeriram que a dieta pode desempenhar um papel na severidade dos sintomas e na duração da doença, mas eram escassas as evidências. Os especialistas salientam que se tratou de um estudo observacional, pelo que nenhuma causa pode ser estabelecida, apenas uma correlação.

Os investigadores basearam a sua análise nas respostas a um inquérito feito a mais de dois mil médicos e enfermeiros com uma ampla exposição ao novo coronavírus em França, Alemanha, Itália, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos da América. Os participantes faziam parte de uma rede global de profissionais de saúde registados na plataforma Survey Healthcare Globus, dedicada à pesquisa de mercado na área da saúde.

Os inquiridos que responderam que consumiam dietas à base de plantas ou de peixe apresentavam, respetivamente, 73% e 59% menor probabilidade de infeção moderada a grave por covid-19, em comparação com os que não tinham estes padrões alimentares.

Leia mais em Delas

Related posts
LifestylePlataforma Sabores

Hamilton e Federer investem em startup de comida vegana

LifestylePlataforma Sabores

Empresa francesa lança-se na produção de foie gras de laboratório

Lifestyle

300 químicos em objetos do dia-a-dia e que aumentam risco de cancro

MundoPolítica

Oposição em Myanmar denuncia vaga de Covid "fora de controlo" e pede ajuda urgente à ONU

Assine nossa Newsletter